Roteiro do Visitante

Circuito Acessível

O Circuito Acessível de Expositores Interativos consiste em uma exposição permanente do MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal, composta pelas interfaces interativas Pedras Sabidas e por acervos acessíveis já existentes no museu. Confira abaixo o roteiro de visitação, listados por andar, lembrando que a instituição possui elevador acessível.

Andar Liberdade – Térreo

Maquete Sensorial da Praça da Liberdade

A Praça da Liberdade, onde se localiza o MM Gerdau – Museu das Minas e do Metal, habita o coração de Belo Horizonte, sendo a principal praça da cidade desde a inauguração da nova capital mineira, em 1897. A Maquete Sensorial da Praça da Liberdade possui legendas em Braille, partes móveis e texturas diferenciadas que identificam para o visitante: jardins, fontes, coreto, passagens de pedestres, estátuas, ruas e alamedas.

Acessibilidade: Completa para pessoas com deficiência visual e física, parcial para pessoas surdas (legendas somente em Português).

Interface Interativa Pedras Sabidas Talco

Neste expositor, o visitante pode manusear três amostras minerais. Ao apertar o botão relativo à amostra que se deseja explorar, um vídeo é acionado na tela do expositor, apresentando imagens ampliadas dos detalhes da amostra, animações, áudios, textos em Português e tradução em Libras. Conheça nesta interface interativa as informações científicas, características de textura e as curiosidades do Talco, da Galena e da Rodonita.

Acessibilidade: Completa para pessoas com deficiência.

Drusa de Quartzo

Uma “drusa” consiste em um grupamento irregular de cristais, adquirindo formas surpreendentes. Este exemplar de Drusa de Quartzo (SiO2) foi coletado na Serra do Cipó, no Estado de Minas Gerais, Brasil. Pesa 508 kg, e impressiona tanto pelo seu tamanho quanto pelas variadas texturas. Ao contrário do que possa parecer, as faces lisas dos cristais se formaram naturalmente, não sofrendo nenhuma forma de lapidação artificial. A Drusa pode ser tocada pelos visitantes. 

Acessibilidade: Completa para pessoas com deficiência visual e física, parcial para pessoas surdas (legendas somente em Português).

Vídeos e áudios do Inventário Mineral Djalma Guimarães

A exposição conta com 430 amostras, abrangendo minerais, gemas e meteoritos. Nesta galeria, o visitante pode acessar vinte janelas contendo vídeos e áudios, nos quais é possível conhecer propriedades físicas, químicas e curiosidades sobre as amostras. Dois exemplares podem, ainda, ser tocados pelos visitantes. Um quartzo (SiO2) coletado na cidade de Aimorés (MG, Brasil) e o grande Meteorito Bocaiúva, encontrado na cidade de mesmo nome (MG, Brasil) em 1961. 

Acessibilidade: Completa para pessoas com deficiência visual e física, parcial para pessoas surdas (legendas somente em Português). Recomenda-se assistência aos visitantes com deficiência visual para se deslocarem entre uma janela interativa e outra. 

Andar das Minas – 1º Piso

Interface Interativa Pedras Sabidas Gibbsita

Neste expositor o visitante pode manusear três amostras minerais. Ao apertar o botão relativo à amostra que se deseja explorar, um vídeo é acionado na tela do expositor, apresentando imagens ampliadas dos detalhes da amostra, animações, áudios, textos em Português e tradução em Libras. Conheça nesta interface interativa as informações científicas, características de textura e as curiosidades da Magnesita, Gibbsita e Barita.

Acessibilidade: Completa para pessoas com deficiência.

Vídeo e áudio da Mina de Calcário

Nos vídeos e áudios desta interface interativa, o bandeirante Fernão Dias (século XVII) relata sobre a descoberta do calcário em terras mineiras. Apresenta curiosidades e aplicações do calcário, composto pelo mineral calcita, essencial na fabricação de cimento. Duração do vídeo/áudio: 6 minutos.

Acessibilidade: Completa para pessoas com deficiência visual e física, não acessível às pessoas surdas (sem legendas em Português ou Libras).

Vídeos e áudios da Mina de Bauxita (Alumínio)

O alumínio está entre os metais mais consumidos do mundo, sendo o Brasil um dos principais produtores. Este expositor consiste em uma roda de telas e áudios, na qual o visitante imerge no ciclo de vida do metal, envolvendo a mineração, sua transformação e reciclagem. Conheça curiosidades impressionantes sobre o metal mais abundante da crosta terrestre! Duração do vídeo/áudio: 7 minutos.

Acessibilidade: Completa para pessoas com deficiência visual e física, parcial para pessoas surdas (possui algumas legendas em Português). Recomenda-se assistência aos visitantes com deficiência visual para posicioná-los com segurança no centro da roda imersiva de áudio.

Áudio Miragens

A exposição apresenta ilusões de ótica de alguns minerais, enquanto o visitante aprecia o poema “O Romanceiro da Inconfidência” (Cecília Meireles), na voz de Fernanda Takai.

Acessibilidade: Completa para pessoas com deficiência visual e física, parcial para pessoas surdas (exposição com legendas em Português, poema somente em áudio).

Andar do Metal – 2º Piso

Escultura Língua Afiada

A escultura metálica Língua Afiada ocupa grande parte de um corredor do museu, surpreendendo por suas grandes dimensões. O visitante pode compreender melhor as proporções desta escultura magnífica por meio da maquete tátil.

Acessibilidade: Completa para pessoas com deficiência visual e física, parcial para pessoas surdas (legendas somente em Português).

Interface Interativa Pedras Sabidas Quartzo 

Neste expositor, o visitante pode manusear duas amostras minerais. Ao apertar o botão relativo à amostra que se deseja explorar, um vídeo é acionado na tela do expositor, apresentando imagens ampliadas dos detalhes da amostra, animações, áudios, textos em Português e tradução em Libras. Conheça nesta interface interativa as informações científicas, características de textura, assim como as curiosidades do Microclínio e do Quartzo.

Acessibilidade: Completa para pessoas com deficiência.

Vídeo sobre Mendeleev e a Tabela Periódica

Este vídeo apresenta a Tabela Periódica, através de uma narração feita pelo químico russo Dimitri Mendeleev (1834-1907), que conta sua história e fala sobre a criação da referida tabela no século XIX. Tubos metálicos projetam no chão os símbolos dos elementos químicos, próximos ao banco em frente à tela do vídeo. Duração do vídeo com áudio: 5 minutos.

Acessibilidade: Completa para pessoas com deficiência visual e física, não acessível às pessoas surdas (sem legendas em Português ou Libras).

Menu
Translate »